Leve-me com Você

Leve-me Com Você

Saudade e Adeus - Pedacinho do Céu

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

O Evangelho Proibido de Judas...

O Evangelho de Judas não é apenas mais um dos escritos ignorados no momento em que o Cristianismo se fundamentava; é também uma das peças mais valiosas da arqueologia bíblica. Entretanto, este manuscrito, se comprovada sua veracidade, produziria um profundo impacto nas bases da religiosidade cristã. A equipe da National Geographic Society, fortalecida pelo acompanhamento de vários estudiosos do cristianismo primitivo e dos mais respeitáveis cientistas, produziu o documentário O Evangelho Proibido de Judas, no qual são abordadas as origens, percurso histórico, restauração e veracidade deste manuscrito. Este documentário é certamente uma peça essencial para que estudiosos do tema e espectadores leigos tenham uma idéia mais clara sobre a complexidade e amplitude da religiosidade humana.

Após ter ficado desaparecida por 1.700 anos, a única cópia conhecida do "Evangelho Segundo Judas", autenticada e apresentada pela primeira vez ao público, lança uma nova luz sobre o apóstolo que supostamente traiu Jesus vendendo-o aos romanos.

O manuscrito de 26 páginas em papiro, escrito em dialeto copta, foi apresentado pela revista americana "National Geographic" em sua sede, na capital americana. O documento, cópia de uma versão mais antiga redigida em grego, foi autenticado como sendo do século 3 ou 4.

Ao contrário da versão dos quatro Evangelhos oficiais, o texto em questão indica que Judas era um iniciado que traiu Jesus a pedido dele próprio, e para a redenção da Humanidade.

A principal passagem do documento é atribuída a Jesus, que diz a Judas: "Tu superarás todos eles. Tu sacrificarás o homem que me cobriu." Segundo exegetas, a frase significa que Judas ajudará a libertar o espírito de Jesus de seu invólucro carnal.

"Essa descoberta espetacular de um texto antigo, não-bíblico, é considerada por especialistas uma das mais importantes atualizações dos últimos 60 anos no que se refere ao nosso conhecimento sobre a História e a diferentes opiniões teológicas sobre o começo da era cristã", indicou Terry Garcia, vice-presidente-executivo da revista americana.

A existência desse Evangelho foi comprovada por Santo Irineu, primeiro bispo de Lyon, que o denunciou em um texto contra as heresias em meados do século 2.

"A descoberta surpreendente do Evangelho de Judas afeta a nossa compreensão sobre o início do cristianismo", disse Elaine Pagels, professora de religião da Universidade de Princeton e uma das grandes especialistas mundiais em Evangelhos. "Essa descoberta derruba o mito de uma religião monolítica, e mostra o quão diverso e fascinante era o movimento cristão em seu começo", assinalou.

Acredita-se que o manuscrito, encadernado em couro, tenha sido copiado por volta do ano 300 d.C.. Ele foi descoberto na década de 1970, no deserto egípcio de El Minya. Circulou entre vendedores de antigüidades, até chegar à Europa e, depois, aos Estados Unidos, onde permaneceu no cofre de um banco de Long Island por 16 anos, até ser novamente comprado no ano 2000, pelo antiquário suíço Frieda Nussberger-Tchacos.

Preocupado com sua possível deterioração, o antiquário entregou o manuscrito à fundação suíça Maecenas Foundation for Ancient Art em fevereiro de 2001, a fim de preservá-lo e traduzi-lo.

Após a restauração do documento, o trabalho de análise e tradução foi confiado a uma equipe dirigida pelo professor Rudolf Kasser, aposentado pela Universidade de Genebra. O documento será mantido agora em um museu do Cairo.

Antes de começar a assistir o filme, dê o play e em seguida dê o pause. Aguarde alguns minutos para o vídeo carregar um pouco.

13 comentários:

Olá, Rosana!

O que é mito e o que é realidade é muito difícil de dizer. Pela fé, podemos dizer que esses evangelos "por fora" não possuem significado para aqueles que creem verdadeiramente em Deus. Mas, de qualquer forma, pode levar à dúvida para aqueles de pouca fé.

Abraços

Francisco Castro

Rosana,

Parabéns por nos apresentar este magnifico documentário que nos leva a uma reflexão sobre o Cristianismo!

Bjs,
FrancK

Oi Rosana querida,

Eu assisti ao filme Judas, pelo que compreendi, Judas agiu de acordo com o próprio pensamento, agiu na tentativa de que Jesus mostra-se o seu poder, e na tentativa frustada ficou como "traidor", e na incompreensão da crucificação de Cristo suicidou-se. Judas "foi uma mão na roda", pois de uma forma ou de outra Jesus seria morto.

Ate mais,

Beijo no coração.

Aqui está algo que eu gosto verdadeiramente. Acho os diversos evangelhos "desconhecidos" muito importantes para a história do cristianismo e da própria compreensão de Deus.

Parabéns amiga!

Beijos
Luísa

O "x" da questao é pelos fatos da biblia ja haver sido impressa e tanto o de Judas , Tome, Sofia .. irem ate de encontro as mentiras que se inserem nas pregações, sejam catolicas , protestantes ...
A cada dia o cristianismo dos homens se distancia dos ensinamentos Cristicos.
Otimo post abs

há controvérsias ... Nas Escrituras um livro não contradiz o outro donde que na minha concepção de leiga essa descoberta é furada. Fico com minha fé. Provavelmente é mais um apócrifo. Eu acompanho o raciocínio do Francisco.

Olá Rosana,

Já tinha visto algo semelhante quando também negaram a veracidade do Evangelho de Tomé, quando acharam os manuscritos do mar morto.

Abraço

Tinha visto a propaganda na National Geographic da descoberta do manuscrito e a data para a exibição do programa. Você não imagina a ansiedade que passei, assisti no dia da primeira transmissão emocionado.
Sempre achei que Judas seria mais do que um traidor e no documentário isso foi mostrado. Provou algo que dentro meu coração, eu acreditava.
Você disse no começo do post, que se for comprovada a veracidade do manuscrito, discordo, pois na verdade, quando foi ao ar a primeira vez o programa, foram feitos os testes com carbono 14 e a datação do manuscrito e da mesma época dos evangelhos da bíblia cristã.
Tenho o DVD original, o livro, e outros apócrifos que valem ser lidos por todos os cristãos.
Esses livros são perigosos para qualquer igreja, pois neles Jesus diz para você fazer de seu corpo um templo. Esses evangelhos apócrifos, ao meu ver, complementam e esclarecem algumas contradições dos textos bíblicos.
Parabéns pela ideia da postagem
Abraços

Olá querida amiga Rosana.

Excelente post. Parabéns.

Endosso o que o amigo Francisco Castro escreveu.
Hoje, não consegui ver o vídeo.
Está um caos para ver vídeos e responder no próprio blog. Cada vez que entro no seu blog, preciso dar um boot no sistema e religar tudo novamente.

Amanhã tentarei assistir novamente.
Carinhoso e fraterno abraço,
Lilian

Saudações!
Que Post Fascinante!
Amiga Rosana, é um post realmente fantástico, favoritei e vou assistir o vídeo.
Eu tenho uma obra que se chama o Justo, -atribuída a Judas- não sei até que ponto é verdadeira. Mas, é uma excelente Obra.
Porém, em face de tudo o que foi alinhado, acompanho o mesmo pensamento acima, do nosso amigo, Francisco Castro.
Parabéns por mais um excelente post!
Abraços,
LISON.

Rosana,

Sugiro que se atualize sobre o assunto. O texto referido acima possui inúmeras divergências. Abaixo deixo o link de um artigo que irá lhe ajudar a encontrar o esclarecimento necessário:

http://www.chamada.com.br/mensagens/evangelho_de_judas.html

Perdão Rosana pelo meu comentário ultra-mega-vago postado no Dihitt. Deixe-me explicar:
Quando digo que não há novidade não me refiro a descoberta, que é autentica, mas ao conteúdo vagamente exposto no video.
Tal evangelho só acrescenta, de forma mais direta, o que está implicito nos 4 evangelhos biblícos. Ou seja, descreve em detalhes. Jesus sabia que morreria, que seria "traido" e que resuscitaria (se não fosse Judas nda disso aconteceria).
Tem uma passagem em que Jesus fala justamente desta relação corpo e templo, onde diz que o importa não é o entra por nossa boca, mas o que sai dela. Enfim o que quero dizer é que a imagem que criamos de Judas (ou de sua atitude) é puramente alegórica, mas que se enraizou principalmente por culpas dos filmes como verdade absoluta: "Judas era a reencarnação do demônio". Não é raro lermos a história com os pré-julgamentos do hoje, li os 4 evangelhos noite passada na passagem da traição e apenas vi um dos discipulos fazendo o seu papel já previsto por Jesus, se eles combinaram ou não aó já fica dificil saber.
Mas em suma, não é novidade porque aquele que conhece a fundo o cristianismo não terá sua fé abalada. E qdo digo a fundo é encontrar sua alma coma Cristo (muitos ainda não tiveram esse encontro, mas essa é outra questão já "encumpridei" demais).
Então é isso Ro, desculpa a grosseria anterior e espero ter sido compreendida dessa vez, me esforcei ahauaahuahuh.

Não é o primeiro nem será o último. Porque será que de todos os lados tentam derrubar, deturpar, denegrir, falsificar o evangelho de Jesus? Porque tantas pessoas querem fazer dele mentiroso? Não tem a mínima noção do que dizem, blasfemam, inventam mentiras para derrubar o ÚNICO E VERDADEIRO SALVADOR. Podem inventar quantos "evangelhos" quiserem, Paulo mesmo disse: "Ainda que um anjo do céu vos pregue outro evangelho, seja anátema..." ou seja, maldito.
Jesus selou as Escrituras (ver Apocalipse 22:18) e agora esperamos o fim dos séculos.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Savar nos Favoritos Mais