Leve-me com Você

Leve-me Com Você

Saudade e Adeus - Pedacinho do Céu

Saudade, Eterna Saudade...

A saudade existe para confortar nossos corações, pois somente sentimos saudade daqueles a quem, verdadeiramente, amamos...

Um Anjo em Minha Vida

Mãe, eu queria ser um anjo, um anjo com grandes asas brancas cintilantes, ou, até mesmo coloridas asas, isso não importa...

A Carta Que Acalmou Meu Coração

É incrível mão. É difícil expressar essa minha emoção, e todo este intercâmbio que me permite entregar esta carta em suas mãos...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Seis Coisas Que Vocês Não Sabem Sobre Mim...

Recebi da minha amiga Luísa, do Blog Deste Mundo e do Outro, e dos meus amigos Mad, do Blog Poesias e Fatos, e Thales Maciel (topmaiz) do Blog StudioDown, a difícil tarefa de escrever seis coisas que vocês não sabem sobre mim, e apesar de difícil, vou tentar escrever algumas passagens da minha vida que acho interessantes.


Pedacinho de Mim

1. Eu tive uma infância invejável, e mesmo com as dificuldades de uma vida simples, pai caminhoneiro, mãe enfermeira, sempre fui muito feliz.

Certa vez, eu devia ter uns 5 anos, meu pai estava dormindo no sofá, e minha mãe havia saído, mas não lembro aonde tinha ido, então eu peguei uma lata de leite condensado, um abridor de lata, e como não sabia como abrir a lata, fui até meu pai que estava dormindo e pedi que abrisse a lata para mim, e como ele estava meio sonolento, abriu sem questionar.


Bom, ao lado da minha casa havia um terreno baldio com uma cerca de madeira. Foi aí que algumas crianças, que moravam ao lado de casa, ficaram no terreno do outro lado da cerca, enquanto eu estava do lado da cerca na minha casa..., e começou a brincadeira... Eu peguei a lata de leite condensado e dava uma colher (pequena) para cada uma das crianças, enquanto eu comia umas 3 colheres bem cheias de leite condensado, afinal, o leite condensado era meu, e eu merecia comer mais que os outros... rssss Moral da história: quando minha mãe chegou em casa, levou-me direto para o hospital com intoxicação, onde fiquei internada... É isso que dá ser egoísta e não saber dividir.

 
2. No 1º ano da escola primária, eu passei com nota 98, e fui a segunda melhor aluna da sala, mas eu não gostei disso não, eu achava que tinha que ser a primeira, pois o primeiro lugar foi para um menino. Mesmo assim, eu ganhei um livro da Branca de Neve e os Sete Anões que até hoje guardo com muito carinho, com uma linda dedicatória da minha primeira professora, a Dona Marilda, pois naquela época não costumávamos chamar as professoras de tia...

3. Sempre fui muito sonhadora..., bem, posso dizer que continuo a ser uma eterna sonhadora... E durantes essa minha fase de menina sonhadora, minha mãe foi chamada diversas vezes na escola primária, pelas minhas professoras, pois as mesmas diziam que apesar de ser uma boa menina, quietinha e bem educada, eu vivia no mundo da lua, e não prestava atenção às aulas.

Certa vez, levei como castigo da minha professora de matemática, fazer 200 vezes as tabuadas do 2 ao 9, e o pior..., eu tive que fazer em folha de papel de pão (hoje os pães são colocados em saquinhos de papel). Foi terrível mesmo, pois fazer a tabuada já foi uma barra, e não poder usar um caderno foi pior ainda. Mas aprendi que certos castigos não dão certo, pois até hoje detesto matemática, peguei um trauma danado, e se eu não tiver uma calculadora na mão, não adianta nem me perguntar quanto é 2 + 2. rssss

 
4. Com 18 anos, eu fui Miss estudantil de São Bernardo do Campo, onde participaram vários colégios... Sou fraca não! kkkkkkkk

A verdade é que eu era bem bonita, e tinha um corpo invejável, coisa que não posso mais dizer nos dias de hoje... buáááááááá

 
5. Eu havia completado 19 anos em outubro de 1978, e no dia 20 de janeiro de 1979 eu casei. Até aí, tudo bem..., o problema é que eu achava que casamento era como brincar de casinha, mas com uma casa maior, e nos primeiros 3 meses de casamento foi assim; eu ficava brincando o dia todo de casinha com as minhas bonecas, fazendo comidinha para elas, lavando as roupinhas e vestindo minhas bonecas, essas coisas... O problema é que eu esqueci que tinha uma casa de verdade, um marido de verdade, panelas de verdade, e roupas para lavar e passar de verdade... rsss Quase que o meu casamento acaba mesmo antes de começar... Se não fosse por minha mãe, que foi até minha casa para guardar os presentes do casamento, colocar a casa em ordem, lavar e passar todas as roupas, meu casamento não teria durado nem 3 meses... rssss


6. No dia 23 de dezembro de 2003, véspera de Natal, e eu com carnes temperadas, alguns pratos semi-prontos, aguardava alguns amigos para uma mesa queijos e vinhos, no entanto, enquanto eu tomava banho, ouvi alguns gritos da minha filha Luciana que dizia: Corre! Fogo! Fogo! Minha árvore de Natal estava em chamas, e em alguns segundos minha sala estava destruída pelas chamas. Graças a Deus conseguimos apagar o fofo com a ajuda de vizinhos, pois o carro dos bombeiros ainda não havia chegado ao local. Sai correndo do banheiro, apenas com uma pequena toalha enrolada no corpo, e nem percebi que a toalha era menor que eu... kkkkkkkk Só fui perceber isso quando estava na calçada de casa e um vizinho veio me dar uma camisa para vestir... Estava quase pelada e nem me dei conta disso... Que vergonha!!! Mesmo assim, conseguimos fazer nossa ceia de Natal, muito embora tivemos que avisar aos convidados sobre o acontecido, e ficamos somente em família mesmo. Perdi tudo que eu tinha, mas aos poucos consegui reaver tudo que perdi...

Vou repassar esse Meme para os amigos abaixo:

1. Mensagens Diversificadas - Edilene


2. Blog da Su - Suelen


3. Mensagens, Reflexões, Ilusões - Thati


4. Coordenadores Pedagógicos Blogados na Rede - Silvana Marmo


5. Arquiteturas & Aventuras - Lurdinha Neves


6. Belani Contos e Comentários - Fátima Zanin

Regras:

1. Vocês podem eleger até seis amigos e repassarem o MEME;

2. Colocar o link dos blogs listados;

3. Avisar os amigos sobre a postagem e deixar um comentário no respectivo Blog.




terça-feira, 20 de abril de 2010

Preciso de Luz e Oração...


Há certos momentos em nossa vida que nos sentimos impotentes diante a certas situações em que não podemos ajudar diretamente, mas aí olhamos para o alto, e contemplando o azul celeste percebemos que temos um Pai Maior que sempre está pronto a nos auxiliar, a nos amparar e carregar-nos em seus braços.

É certo que esse Pai de amor e bondade nos ajuda sempre, mas a ajuda chega muito mais rápido quando nos reunimos, e juntos fazemos uma grande corrente de fé e de amor, enviando muitas orações, energias e vibrações positivas para quem está necessitado.

Hoje, uma grande amiga nossa está passando por privações, necessitando das nossas orações, e precisando muito da nossa ajuda. Não vou citar seu nome, mas poderei chamá-la de Luz, pois ela é um facho de luz que está se apagando, e nós não podemos deixar que isso aconteça.

Os cientistas dizem que durante uma vida inteira nós chegamos a juntar 61,5 litros de lágrimas, e eu posso dizer que as lágrimas que correm por suas faces já estão perto desse número.

É por esse motivo meus amigos, que estou aqui e vim pedir a todos vocês para que nós nos unamos em uma só corrente de oração, pedindo ao Pai Maior que faça o melhor por nossa amiga Luz, pois nem sempre o que achamos ser o melhor para nossas vidas, é o melhor aos olhos do Pai.

Só posso dizer que no próximo dia 28 de abril, a amiga Luz decidirá a sua vida, ou melhor, decidirão por ela..., então eu preciso e sei que posso contar com a ajuda de todos vocês em forma de oração. Vamos nos unir, e juntos seremos capazes de alcançar a melhor vitória.

Vamos fazer essa Luz brilhar novamente, e iluminar muitos corações, principalmente um coraçãozinho que ainda precisa muito do seu amor e carinho.

Quero deixar aqui a minha oração para o nosso Pai Maior, um Deus justo, de amor e bondade, pois somente Ele é capaz de curar as feridas mais profundas do nosso corpo e da nossa alma.




Ó Senhor!
Tu que és insuperável!
Em Ti ponho as necessidades de superação da amiga Luz.
Tu que não Te negas a nada!
Em Ti ponho a vida da amiga Luz para que dela Te sirvas.
Tu que a vida nutres!
Em Ti ponho a minha fé, para que a fecundes com Tua misericórdia.
Tu que és harmonia das forças!
Em Ti ponho as minhas fraquezas de espírito inferior.
Tu que és a dinâmica do Bem!
Em Ti ponho o vacilo da minha vontade.
Tu que és o berço de todos os possíveis.
Em Ti ponho a minha esperança em ser.
Tu que demandas a luz!
Em Ti ponho os meus sentimentos ainda trevosos.
Tu que rebaixa os exaltados!
Em Ti ponho o meu orgulho.
Pois sei, Senhor, que contigo tudo abunda, posto que:
Quem se apega a algo, perdê-lo-á;
Quem espera algo alcançar e nada faz, a coisa alguma chegará;
Quem quer ser, sem se dar, nada conquistará;
Quem quer a simplicidade e a modéstia, não pensa em sucesso, mas em realização.
Pois assim entendo, Senhor: Quem vive a Te ignorar, vive na mais profunda ilusão.
Posto tudo, quero por fim Te dizer:
Olhe por nossa amiga Luz.
Sou feliz por me saber em Ti.

Assim Seja!


E terminando esta simples oração, deixo exposto todo o meu amor, carinho, afeto e amizade para a nossa amiga Luz, e que ela possa receber de todos nós uma oração, e que toda oração recebida saia do fundo dos nossos corações, enviando muita luz para a amiga Luz.

Agradeço a todos os amigos o carinho e a amizade, pois sei que vou poder contar com todos vocês nessa corrente de orações e de fé.

Beijos.

Rosana.


Por Rosana Madjarof

domingo, 4 de abril de 2010

Preconceitos Masculinos...


Muita gente se horroriza,
ou pragueja, ou fica rindo,
se um rapaz diz em voz alta:
— “Santo Deus, que moço lindo!”

Qualquer uma destas três
posições é bem normal,
num país onde a burrice
é virtude principal.

Onde o povo, abertamente,
tem prazer em demonstrar
que nasceu para ser tolo
e não quer jamais mudar.

Onde os homens são forçados
a dizer em largos gritos
que não deve achar um homem
que outros homens são bonitos.

É preciso, realmente,
sem receio, protestar
contra tal mediocridade
da crendice popular.

Acho belo o que me agrada,
digo a todos sem complexo,
seja lá mulher ou homem,
a Beleza não tem sexo.


Por Rosana Madjarof

Related Posts with Thumbnails
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Savar nos Favoritos Mais