Leve-me com Você

Leve-me Com Você

Saudade e Adeus - Pedacinho do Céu

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A Sabedoria de Quem Sabe Amar...


Neste mundo que envelhece
Cada dia um pouco mais,
É difícil ter idéias
Cem porcento originais.

As escolas brasileiras
São o que não devem ser,
Residência da burrice
E sepulcro do saber.

Um autêntico poeta
Tem que ser poeta nato,
E não fazedor de versos
E nem rimador barato.

É por isso que eu falo
O que penso sem pensar,
Sem ter medo de errar
Sobre o que vou falar.

Depois de tanto estudar
Sem ter hora, nem lugar
Percebi que o melhor
É ficar no próprio lar.

Por isso estou aqui
Escrevendo sem parar,
O que vem do coração
Sem ter que pedir permissão.

Não quero mais ser doutora
Meus títulos eu engoli,
Pois o meu melhor diploma
Para Deus eu devolvi.

Hoje sou só uma mãe
Da filha que tenho aqui,
E pra minha Luciana
Ensino sempre a sorrir.

É isso que vale a pena
Nesta vida de meu Deus,
Cuidar da minha pequena
Pra aquecer os dias meus.

Mas meus sonhos continuam
Em forma de oração,
E peço ao Pai Maior
Muita paz ao coração.

Vou parando por aqui
Mas deixando meu recado,
Que não pode existir vida
Sem um bom livro ao seu lado.


© Por Rosana Madjarof – 22/09/2009 – Direitos Autorais Reservados

21 comentários:

Poema inteligentíssimo Amiga..
Infelizmente no Brasil quase tudo é copiado
Registre todos seus poemas na Biblioteca Nacional antes de inserí-los na Internet para que seus Direitos autorais sejam resevados.

Quantas de nós, não pensaram já deixar os pergaminhos de lado e assentar arraiais ao lado dos filhos e da família? É preciso muita coragem, segurança e também condições financeiras. Eu já pensei! Para já, é apenas um sonho.

Lindo poema, Rosana.

Beijos
Luísa

Ah, concordo que deves registar todos os teus poemas e textos. Incluindo os do 'Mundo dos Filósofos' que são muito bons! Aqueles registos CC não têm validade legal.
Beijos
Luísa

Lindo poema, minha cara. É melhor registrar pois como se diz: nada se cria tudo se copia.

Abraços

Seus versos são recheados de beleza, Rosana!

É sempre um imenso prazer ler seus escritos. :)


Um forte abraço.

Minha musa Rosana, eis o quê escrevi abaixo, de coração.

Minha cara poetiza
Agora vou poder falar
Nos seus versos descbri
Que sempre vale a pena amar

Descobri que sou pequeno
No saber o que é amar
Pois se tu és mãe
Tem amor para sobrar...

Aprendi que ser poeta
Precisa ter um bom coração
Para sentir o que escreve
Pondo o coração na mão...

Poesia não são versos
Rimados com precisão
Se não houver filosofia
A onde está a razão?

Vamos louvar a Deus
Por ter um livro nas mãos
Ele é o nosso melhor amigo
que nos guia na escuridão.

João Poeta


É pura filosofia

Como sempre foi um prazer seus versos..lindo poema.
Beijos minha amiga!

É como digo: livro é tudo de bom! Conhecimento é o que levamos da vida, além das boas coisas que fizemos pelos outros!
Teu poema é lindo, como sempre!
Bjão!

Rosana

Uma das características do amor, e isso precisa ser desenvolvido na sociedade em que vivemos, é a doação de si mesmo. A sabedoria de quem sabe amar faz conhecer as doses certas de autopreservação e de altruísmo. Não digo isso como quem detém tal sabedoria, mas o que digo faz parte das minhas constantes reflexões em busca dela.

Parabéns pelos belos versos.

Um abraço.

Nelson

Rosana,

Parabéns pelo lindo poema. Amar é tudo, e com sabedoria melhor ainda.Quem ama preserva, isto é sabedoria. Felicidades minha amiga.

Abraços!

´Mais im poema belo que revela a sua sensibilidade,amiga!Quem ama de verdade,tem a fortaleza suficiente para renunciar a algumas coisas que tinha ,para seguir outro rumo,ou estar a cuidar desse amor verdadeiro!
beijinhos
joana

Belo poema, Rosana. Eu também já virei as costas ao academicismo e essa mania de acumular diplomas. A vida é melhor vivida sem a pompa dos títulos. Muito bom seu texto. Com visão social importante. Valeu mesmo. Muito obrigado por me convidar à leitura. Beijos.

Saudações!
Amiga Rosana Madjarof,
Que Poesia Fascinante!
É muito profunda a sua poesia... Um registro de vida bem vivida que arremessam títulos, diplomas e rótulos para se pesar valores. É quando o mais importante é viver bem a vida que Deus nos presenteou. Quando terminei de ler a sua poesia relembrei de uma pequena poesia de Hideraldo Montenegro.
AURORA
Estar na manhã
Ser a manhã
Como um sapo, como um saco
Como um fato
Ser
Plenamente humano sem rótulos
Apenas ser
Um pássaro
Para flutuar leve na manha
De um sol interior
E cantar deslumbrado
Por despertar deste sono
Que é estar acordado.
Parabéns pelo lindo Post!
Abraços fraternos,
LISON.

Pois é, amiga querida!!! Infelizmente qdo amadurecemos, enfrentamos algumas dores que pensávamos ser insuportáveis, tudo fica tão pequeno... Tudo que nos ensinaram de forma valorosa, passa a ser substituído pelo que a vida nos ensina. Viver é uma arte por si só. Linda sua escrita, entendi cada palavrinha. Seu coração se abriu de vez aqui! Tenha um lindo fds e fique com Deus! Bjus carinhososos.

Olá minha querida

Palavras lindas como sempre e verdadeiramente cheias de emoção. Amo teus poemas!

Abraços da amiga Re

também não imagino minha vida sem livros...

lindo poema querida amiga. é verdade que nem todos sabemos ser poetas.

"versos, fá-los muita gente...
em medida longa, ou breve.
Poeta, é só quem os sente...
e às vezes, nem os escreve."

bjs

Vim lhe visitar e te deixo este pensamento:
O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.
Caminhando e semeando, no fim terás o que colher.
Cora Coralina

Um Bom domigo para ti.
Abraços forte

Rosana, Gostei muito da Poesia!

É emocionante, inteligente, Interessante!

Já estou seguindo seu Blog e gostaria de fazer parceria de Links, já adicionei o link de seu Blog nos Parceiros do Mundo das Poesias.

Grande Abraço!

Lauro Daniel

Pestalozzi sempre dizia que somos livre para criar nossas verdades e que se forem consistentes elas permanecerão. Então é certo que o amor imorredouro e a beleza sempre se afirmarão no firmamento do conhecimento.

Por que a luz do conhecimento sempre liberta-nos das trevas da ignorância.

Abraço

Compartilho com você essa melhor profissão. Ser mãe é um privilégio! Diploma nenhum, tampouco posição social mais elevada é mais importante que isso. Um abraço.

p.s.: Adorei os versos do João Poeta. É uma habilidade maravilhosa. Parabéns a ambos.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Savar nos Favoritos Mais