Leve-me com Você

Leve-me Com Você

Saudade e Adeus - Pedacinho do Céu

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A Árvore do Bem... História Real, Aconteceu Comigo...


Antes de vocês lerem esta poesia, devo explicar algumas coisas que aconteceram...

Na noite de Natal de 2007, recebi em casa muitos parentes e amigos, dentre eles, estava o meu compadre, padrinho da Tatiana, que chegou em casa antes do anoitecer do dia 24/12, e chegou atrasado, pois seu carro estava com problemas no freio e, para piorar a situação, caía uma garoa fina.

Ao chegar a minha casa, estacionou seu carro, desceu, e olhou a árvore que eu tenho em minha calçada... De repente, ele olha pra mim e diz: Alguma coisa vai acontecer com essa árvore, aguarde e depois me conte..., e não falou mais nada. Não se tocou mais naquele assunto...

No dia 30/12, véspera de Ano Novo, ouço a campainha tocar, atendo o interfone, pergunto quem é, e uma voz masculina pergunta se eu queria podar a árvore.

A princípio, fiquei meio desconfiada, mas resolvi sair e atender. Ao abrir a porta da garagem, vejo um rapaz magro, com barba por fazer, roupas sujas, e uma pequena sacola em sua mão.

Comecei a conversar com ele, e me sensibilizei com sua história, não importando se era verdade ou não. Disse que era de Santa Bárbara do Oeste, e que estava em São Paulo para trabalhar numa floricultura no bairro da Mooca, mas a floricultura havia dispensado seus serviços, assim, sem trabalho e sem dinheiro, estava fazendo bicos para poder comer, e quase que chorando, contou-me que na noite de Natal havia dormido numa calçada, próxima de um mercado aqui de casa, e a única coisa que comeu foi um panetone que ganhou de alguém que por ali passava.

Isso aconteceu por volta das 12:00 h. do 30/12, e minha mãe preparava o almoço, pois os padrinhos da Luciana estavam em casa para almoçar... O resto da turma? Bom, final de ano... Imaginem! Todos no Guarujá...

Voltando ao caso... Depois de muita conversa, ele me falou que o seu maior presente seria poder voltar para sua cidade e rever seus familiares e, principalmente, sua filhinha.

Fiquei emocionada com tudo aquilo e falei para ele podar a árvore, e imaginem que ele não tinha nenhuma ferramenta, somente um facão velho e sem corte.

Entrei em casa e contei toda a história, dizendo que deveríamos ajudá-lo. Meu compadre, padrinho da Luciana, que também é de Santa Bárbara do Oeste, saiu e foi ter uma conversa com ele... E aí nós percebemos que o que ele havia contado era verdade, pois meu compadre fez algumas perguntas e ele soube responder a todas elas.

Bom, estava decidida a ajudá-lo de qualquer jeito, e após ele podar a árvore, que ficou uma graça em forma de champignon, eu o convidei para entrar e tomar um banho, fazer a barba, escovar os dentes... Preparei toalhas, um kit de barba (que ainda eu tinha guardado da viagem do navio), escova de dente nova (sempre tenho algumas de reserva), pasta de dente, sabonete, bucha de banho, desodorante, um perfume masculino, uma camiseta, uma cueca que era do meu sobrinho, e meu compadre foi até a casa dele que é próxima a minha e trouxe calça jeans e mais algumas camisas...

Quando o rapaz saiu do banho, ele parecia outra pessoa. Nós o chamamos para sentar à mesa conosco, e almoçamos juntos. A felicidade daquele moço era luz em seus olhos.

Enquanto isso, eu já havia conversado com minha mãe, e falei que iríamos colocá-lo em um ônibus para Santa Bárbara do Oeste naquele mesmo dia, pois assim ele chegaria antes do Ano Novo.

Imaginem vocês... Todo mundo viajando em época de Ano Novo, e já estávamos pensando que não encontraríamos passagem. Minha mãe ligou para as duas companhias de viação que faziam esta linha, e por sorte nossa, ou melhor, por desejo de Deus, havia uma única passagem que conseguimos comprar por telefone, mas nós nem havíamos comunicado essa decisão para o rapaz.

Bom, quando perguntamos a ele, se ele queria rever sua família, e voltar para sua cidade, ele de imediato disse que seria um sonho, mas que não teria condições. Nós então falamos: Pegue sua mochila e vamos para a rodoviária! Ele não estava acreditando. Primeiro disse que não comia tão bem há tempos, e depois, essa emoção de encontrar pessoas que não tiveram medo de recebê-lo, colocá-lo dentro de casa, e ainda por cima iriam fazer isso por ele?

E foi tudo muito corrido, pois o ônibus sairia por volta das 17:30 h. daquela tarde. Peguei o carro, chamei minha mãe, e lá fomos nós rumo a Rodoviária do Bresser.

Chegamos! Deu tempo! Que bom! Era o que dizíamos naquela hora. Ainda dei um panetone e R$ 100,00 ao rapaz, que ficou mais emocionado ainda, mas eu disse que ele não poderia chegar à sua cidade de mãos vazias não é?

E ele embarcou... Feliz da vida...

E foi assim que escrevi esse poema, inspirada no rapaz que veio podar a árvore da minha calçada, e no que o meu outro compadre havia falado no Natal... Não sei se ele previu alguma coisa ou não, o fato é que tudo que ele falou aconteceu mesmo...


A chuva que cai lá fora
Água pura e cristalina
Não impede os nossos passos...
Nem o freio meio fraco
Tem poder de nos tirar
Do trajeto que seguimos.

Seguimos na direção
De um destino já traçado
E mesmo não entendendo
O que ele nos reserva,
Chegamos ao lugar certo
Mesmo sem ter hora certa.

Ao chegar àquela casa
Bem diante do portão
Encontro uma bela árvore
Em forma de champignon,
Sem saber quem a podou
E que ferramenta usou.

A árvore na calçada
É fruto da criação
De um Deus que é perfeito,
Nosso Pai, Mestre e Irmão.
Por isso mandou um “Papa”
Pra proteger nosso chão.

Embora pareça estranho
Este caso que aqui conto,
É por certo bem real...
A árvore foi o sinal
E o “Papa” o enviado
Pra livrar o bem do mal.

Ementa: A palavra "Papa" é usada como metáfora, pois o rapaz chamava-se João Paulo.


© Por Rosana Madjarof – 13/01/2008 – 19:38 h. – Direitos Autorais Reservados

37 comentários:

Tens espiritualidade e nessa linha podes, perfeitamente, entender aquela passagem pela vida de vocês.

Foi alguém que veio resgatar, quem sabe, algum débito com tua família. Penso assim.

Veio e cumpriu sua missão.

Isso é destino e dele não sabemos nada, apenas supomos.

beijos, Maria Souza - Porto Alegre - RS

Rosana

Um belo exemplo de altruísmo.

Não é novidade que a vida é uma escola. Com esse caso aprendemos todos e ainda somos presenteados com uma sensível poesia.

Um abraço.

Nelson

Rosana,

A poesia é linda. Mas eu perdi-me na tua história que é um exemplo pouco comum de solidariedade, nos tempos que correm.

Sendo eu uma pessoa com um espírito muito lógico, sou pouco dada a grandes fantasias, no entanto tenho a convicção - sei lá donde é que ela vem - que as pessoas e as situações não aparecem e acontecem na nossa vida por acaso. Elas têm um propósito. Nem que seja o nosso próprio crescimento.

Beijos
Luísa

Rosana!
Tua atitude foi belíssima! Quase ninguém faria isso hoje em dia, até mesmo por medo! Eu não conseguiria ter essa coragem!
Bonito teu gesto. Certamente o homem nunca mais esqueceu de vocês!
Linda poesia!
Bjão!

Rosana,
Que história maravilhosa, a sua vontade de ajudar o pobre rapaz, tê-lo recebido com todo esse apoio e carinho, foi Deus que a colocou no caminho dele, só pode ser de uma pessoa dotada de grande espiritualidade como é a minha amiga, parabéns pelo grande coração que tem!
A poesia é maravilhosa, gostei muito!
Beijos,
FrancK

Saudações!
Amiga Rosana,
É uma história, emocionante e envolvente... A única coisa que eu sei é que nada acontece por acaso... Seu gesto humanitário foi transformado em felicidades no seio de toda a sua família...
A poesia em tela é uma cópia fiel de tão notável acontecimento!
Que Deus TI guarde eternamente nas palmas de suas mãos!
De Coração,
LISON.

OI ROSANA! QUE LINDA HISTÓRIA E QUE LINDA ATITUDE.
ACONTECEU ALGO ASSIM COM MINHA ESPOSA, ALGUNS DIAS ATRÁZ.
TEMOS , SÓ UM CARRO ,QUE É 'enorme', COMO DIZ MINHA ESPOSA.
POR ESSE MOTIVO, ELA NÃO SE SENTE SEGURA AO DIRIGÍ-LO( LOGO,LOGO, VOU VOLTAR PARA UM UNO, KKK).
ENTÃO ELA LEVANTA TODOS OS DIAS E PARTE COM SUA BICLETA PARA O TRABALHO, EM UMA CRECHE ,QUE FICA A UNS 2 KM.
OUTRO DIA QUANDO VOLTAVA ,O PNEU FUROU, E COMO EU JÁ ESTAVA NO TRABALHO ,ELA RESOLVEU LEVAR A BICICLETA A UMA OFICINA PRÓXIMA A NOSSA CASA.
SAIU EMPURRANDO A BICICLETA, E LEVOU CONSIGO 50 REAIS.
QUANDO ESTAVA PRÓXIMO A OFICINA, ELA PASSOU EM FRENTE A UM PONTO DE ÕNIBUS ,ONDE ESTAVA UMA SENHORA JÁ DE IDADE , QUE ARREMESSOU PARA ELA UM LINDO E SINGELO SORRISO.
MINHA ESPOSA RETRIBUIU, E SENTIU NO CORAÇÃO DE PARAR E CONVERSAR COM ELA.
DESCOBRIU ENTÃO ,QUE A SENHORA ESTAVA PASSANDO POR DIFICULDADES, E SENTIA FOME.
PERGUNTOU SE QUERIA COMER ALGO E ENTÃO FORAM A UMA FEIRA ,ALI PERTO.
RESULTADO... A SENHORA COMPROU ,ROSCA NATA ,BOLACHA E GELÉIA, DEIXANDO MINHA ESPOSA QUASE SEM DINHEIRO, MAS COM O SUFICIENTE PARA LEVAR A BICICLETA A OFICINA.
ANTES DE SAIR PORÉM ,MINHA ESPOSA PEDIU UM TELEFONE ,OU PELO MENOS UM ENDEREÇO, PARA PODER AJUDÁ-LA TAMBÉM EM OUTRA OPORTUNIDADE.
QUANDO MINHA ESPOSA ME CONTOU, QUE DEUS HAVIA USADO ELA EM SUA OBRA, AGI COM UM CERTO CETICISMO, E ATÉ FALEI ,QUE TALVEZ ELA TIVESSE CAÍDO NO CONTO DA MENDIGA.
MINHA ESPOSA FICOU MATUTANDO ISSO DURANTE TODA A SEMANA, E ONTEM, DISSE-ME QUE "HOJE", PRECISARIA DO CARRO ,POIS ELA E UMA AMIGA IRIAM VISITAR A TAL SENHORA.
ENFIM, ELAS FORAM E CHEGANDO LÁ, DESCOBRIRAM QUE TUDO O QUE A SENHORA HAVIA DITO ERA VERDADE, E QUE NÃO SÓ ELA, MAS MAIS DOIS IDOSOS(UM CATADOR DE PAPELÃO)ESTAVAM DESDE AS ENCHENTES DO ANO PASSADO COM DIFICULDADES, E VIVENDO COM UM SALÁRIO DE 100 REAIS, PAGOS POR SERVIÇÓS DE FAXINA E O DINHEIRO DA COLETA DE RECICLADOS.
DAÍ É QUE PERCEBEMOS COMO TUDO SE ENCAIXA, E COMO DEUS REALMENTE USA QUEM ELE QUER, E NA HORA QUE ELE QUER..... OU ALGUÉM AINDA DUVIDA DISSO?
FELICIDADES,´PAZ E MUITO AMOR NA SUA VIDA, QUERIDA ROSANA!

Oi Rosana, acabei de ler seu texto contando a história do rapaz e estou chorando diante de tanta bondade em seu coração e de sua mãe. Esse rapaz jamais esquecerá dos momentos que passou em sua companhia e de sua mãe, é muito difícil encontrar pessoas como vocês neste mundo maluco e cheio de maldade, você realmente é uma pessoa especial e cheia de amor no coração. Estou muito emocionada com tudo que li. Seja muito feliz e dê um grande beijo em sua mãe por mim, vocês duas merecem muita saúde, paz, amor e felicidade, são pessoas muito especiais.
Beijos no coração
Susi

Se existisse mais pessoas igual a você o mundo naum seria do geito que é. axo que todos deveria ajudar a quem precisa.
felicidades

História linda!!! Vcs usaram de bondade e misericórdia e Deus se agrada disso.Fiquei emocionada.Parabéns pela sesibilidade, humanidade e carinho demonstrados.Que deus abençoe toda a sua família.

Rosana!!

Sou meio chorão!! Não ligue não!! Mas para quem sonha fazer algo por alguém, essa é uma dádiva de Deus, é o melhor presente de Natal que nós poderíamos receber, além de estar com quem amamos. E vc proporcionou esse presente a ele.

E qdo temos alguma missão a cumprir, como essa que vc abraçou, realmente não se pode atrasar. O trem do destino, como no seu último post, não espera!!

Linda história. E vc já tem histórias e crônicas dignas de um livro.

Parabéns pela missão cumprida, tenente-de-Deus!! Sempre alerta, irmã!!

Bjs do seu amigo!!

Emocionante, Tocante, maravilhoso. Deus te abençoe Rosana!
Saude e Paz

muito boa,a historia ajudou a poesia ter um significado maior.

Muito emocionanate a sua história que revela um belo exemplo de amor ao próximo.
O seu poema ilustrou muito bem a sua crônica.
Parabéns!
João

Ops. Muito bom tanto a nivel de literatura como de comportamento. Pode ter certeza que vc tirou mais alguns obstáculos eventualmente existentes no teu caminho para o ceu. Quando chegar lá, coisa que sabemos que irá demorar, não esqueça dos amigos.

Oi Rosana, eu não sei porque essas coisas me acertam em cheio no coração, e fico até com dificuldade para fazer um comentário que faça sentido, mas vou tentar. Tua história é linda e comovente. Penso nos dois lados dela: a felicidade enorme que proporcionaste a esse nosso irmão, com teu carinho e teu afeto, depois de sei lá quanto tempo que ele passou perdido em meio a indiferença dos seus semelhantes. Deste sem dúvida muito mais que dinheiro, roupas e atenção, simplesmente conseguiste lhe devolver a fé na natureza humana. E penso também na alegria do teu coração e dos corações dos teus familiares, por terem tido a oportunidade de suavizar os caminhos de alguém. Ele aparou sua árvore, em contrapartida vocês apararam as arestas de suas dores, mágoas e aflições. Quantas bençãos espalhadas nesta sua história! Não tenho dúvidas que todos ficaram de bem com a vida depois disso! E para arrematar, mais uma linda poesia! Uma visita ao seu cantinho, querida amiga, nunca é em vão. Vou ter que assoar o nariz! Bjs Denize

Oi, Rosana! Que linda a sua historia e que linda a poesia!
Garanto que mais linda ainda foi a historia vista pelos olhos do rapaz!
Com certeza, voces foram como anjos para ele.
A proposito, eu também sou de Santa Barbara d'Oeste! Atualmente nao moro là, mas nao vejo a hora de voltar...
Um grande beijo e que Deus abençoe grandemente a sua vida!

Sabe o mundo precisa de pessoas como você, com esta sensibilidade e tanto carinho em seu coração, pod ter certeza que Deus esta no controle e sabe exatamente o que pretende de ti.
Abraços forte

Rô, muito bem descrita essa história que mais é uma grande lição de vida. O seu coração é enorme e belo!
Grande beijo do irmão que te ama,
Paulo

Minha querida Rosana
...estou chorando de emoção pelo seu lindo relato!!!Foi Deus que a colocou no caminho desse rapaz,porque voce é um Anjo na Terra,escolhido por Deus!!!...E a sua poesia é brilhante,como só um Anjo consegue escrever!
Beijinhos em seu lindo coração!!!
joana

Rosana, que linda passagem! Resultou num belo poema!
Sou cristã católica. Acho que já deve ter ouvido dizer que é assim que Cristo aparece diante de você! Então não preciso dizer mais nada. Você é uma pessoa abençoada! Considere-se muito feliz!
Beijos no coração!

Sim é legal, quando se está sozinho, assim do nada, uma pessoa te dar mão, um banho , um prato na mesa e uma passagem pra casa, com uma graninha no bolso.

Pelos comentários poderá ver que muita gente se emociona, porque no fundo, todo mundo é assim, mas nem todos podem ou tem coragem de se entregar.

Eu queria saber é se vc teve mais noticias dele.

Te dar parabéns, eu não! Você é um linda arvore cheia de felicidade, então Deus já fez isto por mim.

Nada é por acaso, Rosana.
Infelizmente o medo que nos cerca, muitas vezes impede-nos de cumprir os desígnios de Deus.
Que bom que você conseguiu!
Obrigada por compartilhar tão bela história, que por si só já é um poema!

Beijo carinhoso,
Serenissima

Rosana

Que história linda!
Você é uma pessoa incrível, parabéns!

Lindo poema. Beijos.

Miga demorei mais cheguei, desculpa, olí ontem a história e o poema, mais tava meio tristinha ontem e preferi deixar pra comentar hoje.
Nossa linda história e gesto , alías não esperava menso de você querida. è tão bom quando podemos ajudar ás apessoas né, as vezes podemso fazer coisas simples,mais que pra outra pessoa significará uma grande alegria. Continue assim miga, suas palavras transpiram bondade!
Lindo Post..beijos

foi um resgate espiritual querida!!!
que coisa mais linda.
estou impressionada e emocionada.

bjs enormes desta amiga que não te esquece mas está atolada de trabalho rsrsrs

Espírito Natalino, ano novo...coração aberto ajudando as pessoas.

Não é pra muitos e sim pra quem mtem sensibilidade.

Parabéns. Com certeza essa história ficará por toda a vida marcando um bem que vocês fizeram.

Abç,

Lena

Obs: Exclui e estou postando novamente, porque não sei o que aconteceu, mas este meu comentário foi postado como sendo de outr Blog que não é o meu....
A seguir, a Mensagem que postei...
Olá Rosana, já havia lido de relance, alguns elogios feitos à sua pessoa. Já tinha em mente, que assim que terminasse de postar na Web, todos os capítulos do livro que escrevi, viria aqui no diHITT, localizar o seu Blog. E qual não foi minha surpresa, que quando abri minha caixa de recados, o primeiro que apareceu, foi justamente a indicação desta poesia.
Parabéns, pelo capricho dado ao seu Blog. E, quanto à historia veridica que aconteceu com você, percebo que você é uma pessoa muito especial, amorosa, solidária e corajosa, para tomar a atitude que tomou.
Você é simplesmente fantástica!!!
Abraços! e um ótimo final de semana!
Sonia

Rosana, isso aconteceu com voce!
Que lindo! Quantas vezes eu tenho vontade de
abrir minha casa para alguém... mas este mundo
cruel e violento, fica na imaginação e não na
ação. Eu digo abrir no sentido de encontrar
pessoas que disseram ficar em situação extrema.
Imagine como tudo está tão dificil para sobreviver!
Ontem mesmo eu reparei num homem, bonito, mas mal-tratado, com aspecto de mendigo. Sentado com elegancia, apesar de sujo, num banco de calçada. Lendo um jornal (Globo), com devida atenção.
Eu fiquei me perguntando como ele foi parar na rua e por que? Era notório imaginar que ele provavelmente não tinha aquela vida. Pode até ser um louco, quantos não ficam! Mas ele realmente tinha uma aparência como a nossa, só que descuidada.

Bela ação de voces. Eu acho que ficaram muito felizes depois, e dormir foi como um sonho de Deus.

Bjs

Você tem um estilo requintado para fazer os seus poemas, gostei muito.
Quanto ao texto, o resultado desta história foi avaliado por Deus.Ele o todo poderoso permite os acontecimentos que nos darão a oportunidade de aprender e resgatar.
Tudo rege para o nosso bem, o universo conspira para que isso aconteça não é mesmo?

Bjs
Gemma

ROSANA:

Esta é a resposta que dei lá no meu BLOG sobre o seu comentário, obrigado por comenta-lo.

Inclusive segue a resposta ao NANOVERSO também.




ROSANA:

É LEI DE MURPHY ... !!!

heheheheheheheh

Lei de murphy é isso, tudo dá errado na pior hora, e se está pior, piora ainda mais ... hehehehehe

Beijão e obrigado pelo comentário

LUIZ GNZ

20 de Novembro de 2009 18:14

Luiz Gnz disse...

NANOVERSO:

E fazem sucesso sempre.

Livro fantástico, as Leis de Murphy realmente tem tudo a ver com tudo aquilo que ELE, Joseph Murphy, escreveu.

E ele é FISICO hem ... ???

Entende da coisa, das leis das probabilidades, etc ...

Obrigado pelo comentário e volte sempre.

Grande abraço .. !!

LUIZ GNZ - ALPHAVILLE - BARUERI - SP - BRASIL

É isso aó, agora quanto ao seu POST, aqui

Vou comenta-lo:

Eu não creio tanto se tambem teria essa coragem que voce teve, mas com coragem ou não, dignidade é algo que prezo demais no ser humano, e voce tem de sobra.
Isto é ter DIGNIDADE, palavra, infelizmente muito desconhecida pelo nosso pobre povo, em sua grande maioria, pensam que sabem o que é, o que representa, o que é ter-la, mas na verdade nem passam longe de saber, ou imaginar, o que é ainda pior, o que representa e significa.

A ARVORE DO BEM

Planta-se hoje, colhe-se amanhã, os frutos sempre aparecem ..... sempre .. !!

Parabéns pelo Post, parabéns por ser essa pessoa tão DIGNA, BOA DE CORAÇÃO que voce é.

Abraços e beijos no fundo do CUORE ..

Luiz Gnz

Bonito ato. Acho que essa é a essência do voluntariado. Gostar, ter amor pelo que faz sempre acreditando que todos são iguais perante Deus. Bj

Nossa Rosana, que passagem linda! Imagino como ficou com a alma leve depois de ajudá-lo! Você foi um anjo que apareceu no caminho dele e com certeza ele nunca te esquecerá. Confesso que várias por várias vezes tive vontade de fazer o mesmo que você, mas o medo não deixa... Parabéns pela generosidade e desprendimento.

Beijinhos

oi minha linda
que emocionante e corajoso da sua parte.
O blog está super legal e como faço sempre que encontro um com conteudo que me interessa estou te seguindo e colocando o seu link no meu blog.
ainda irei explorar mais o blog, pois notei que há assuntos sobre o esoiritismo, que me interessam mt.
Bjoks.

Boa noite Rpsana,
Conheci seu Blog no Blog do Valter Poeta.
Amei o seu cantinho...
Fico feliz demais ao ver sua obra literária...
A Blogsfera só tem a ganhar com sua presença
e escritos dignos da grande escritora que vc é, de fato.
Aproveitei e me alimentei de uma farta porção de sua inspiração...
Hoje vim te ler, e compartilhar com você um presente:
Sou a poetisa da semana no Blog do VALTER POETA e
é claro, gostaria que lesse, e caso queira, opine.
É sempre pra mim um prazer e uma honra saber sua concepção,
sua opinião, seu parecer.

Te espero...

http://valterpoeta.blogspot.com


Beijinhos...

Glória

É de fato uma bela história, simples como a vida, mais que se gestos como esse fosse corriqueiros, com certeza teríamos um mundo melhor! Parabéns pela atitude, pelo post, e pelo poema. Que Deus te abençoe!

Oi Rosana,
Meu nome é Karla e já a algum tempo acompanho o site saudade e adeus e estou sempre atenta as novidades que você tão generosamente divulga. Gostaria de agradecer pelo belíssimo serviço que você realiza através do seu site, é possivel sentir o amor, a dedicação e o carinho com que você procura transmitir cada mensagem, cada história. Você escolheu belos filmes, excelentes palestras, enfim todo o conteudo do site foi cuidadosamente selecionados por você. Muito obrigada, agradeço toda a energia que você nos transmite, inclusive a alegria que você não perdeu, a fé que parece se fortalece a cada dia, o sentimento de solidariedade que nos serve de exemplo e a sua generosidade em partilhar conhecimentos, e mais do que isso, sentimentos e emoções. Obrigada por nos deixar conhecer um pouco de você e da sua linda família, sua história enriquece as histórias de muitas vidas. Receba um abraço fraterno e com ele o verdadeiro desejo de muita luz na sua vida para que você possa iluminar outras tantas, que as bençãos do senhor penetrem todo o seu ser te dando muita saúde e paz. Parabéns por você ter transformado a dor em bençãos que através do seu trabalho alcança muitos lares e deixa sempre uma sementinha de luz.
Um forte abraço,
Karla Carneiro

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Savar nos Favoritos Mais